O Facebook realizou uma pesquisa com os usuários para saber o que mais lhes interessava no Feed de Notícias. Com base nas respostas, ajustou novamente o algoritmo Edge Rank que regula quais conteúdos são mostrados para os usuários.

A rede informou em sua sala de imprensa que a intenção é mostrar, para cada usuário, a combinação certa entre atualizações de amigos e as páginas seguidas, com um equilíbrio diferente para cada pessoa.

Foram informadas oficialmente três mudanças.

Mudanças

A primeira é que antes o Facebook impedia a visualização de várias postagens seguidas de uma mesma fonte. Agora, a rede está “relaxando” essa regra, principalmente para os usuários que tem menos conteúdo disponível em seus feeds de notícias (tem menos conexões, menos amigos, curtem menos páginas).

A segunda mudança é sobre aumentar o aparecimento de atualizações de amigos. A rede declarar que o conteúdo publicado diretamente pelos amigos, como fotos, links, vídeos ou status aparecerão mais no feed. Mas informa que conteúdos de páginas vão continuar aparecendo, com o objetivo de “encaminhar o saldo de conteúdo certo para cada pessoa”.

A terceira atualização é diminuir o alcance de histórias em que seus amigos curtem ou comentam em uma postagem. Antigamente aparecia “Fulano comentou este post” e esses conteúdos devem ficar cada vez mais raros, abrindo espaço para publicações diretas.

Para as pessoas que tem menos conexões no Facebook, as mudanças irão afetar pouco a experiência. Mas quanto mais conteúdo as pessoas seguem, ou seja, quanto mais concorrido é o espaço do news feed, mais visíveis serão as mudanças.

Para as páginas, o Facebook informa que “dependendo da composição do seu público e da sua atividade de postagem”, o alcance pode cair. Ou seja, não parece ser uma boa notícia para marcas, que correm o risco de ver o alcance orgânico (não pago) cair ainda mais. Dessa mudança, podemos concluir que as páginas devem se preocupar ainda mais com a adequação do conteúdo postado para seu público e considerar o investimento ou a ampliação do investimento em patrocínio de posts, que ainda é uma prática muito vantajosa para alcançar um público extremamente segmentado.

 

Compartilhe...Email this to someoneTweet about this on TwitterShare on Google+Share on FacebookShare on LinkedIn